Futebol

Campeões da Sul-Americana: Quais equipes brasileiras já levantaram a taça

Saiba mais sobre as equipes que já levantaram o troféu de uma das principais competições da América do Sul A […]

Taça da Copa Sul-Americana, em close, sendo erguida por mãos de homem

Saiba mais sobre as equipes que já levantaram o troféu de uma das principais competições da América do Sul

A Copa Sul-Americana foi disputada pela primeira vez em 2002. Organizada pela Conmebol, da 1ª edição para cá alguns brasileiros sagraram-se campeões da sul-americana.

Em termos de grandeza, a Sula está atrás da Copa Libertadores da América. Ao longo dos anos, entretanto, ganhou importância e hoje é cobiçada pelos clubes sul-americanos, sobretudo os brasileiros que já levantaram a taça algumas vezes.

Conheça todos os times que já foram campeões invictos da Libertadores.

Argentinos e brasileiros são os maiores campeões da sul-americana

Em 20 edições realizadas até o momento, a lista de campeões da sul-americana é dominada por clubes da Argentina e do Brasil.

Juntos, os 2 países ganharam 14 títulos, sendo 9 para os argentinos e 5 para os brasileiros. O Equador tem 2 títulos, enquanto que Colômbia, México, Chile e Peru têm, cada um, 1 conquista.

Os clubes argentinos também são os que mais vezes foram vice-campeões da Sul-Americana, perdendo a final 6 vezes. Ou seja, apenas 5 vezes a final não teve uma equipe argentina tentando a taça. As equipes brasileiras têm, juntas, 5 vices.

O Uruguai, país de tradição no futebol sul-americano, é coadjuvante no torneio. Jamais um clube uruguaio foi campeão ou sequer chegou à final. O país teve apenas 4 semifinalistas em 20 anos, mas todos caíram na luta por uma vaga na decisão.

O time que mais vezes disputou a Sul-Americana, entretanto, não é nenhum argentino ou brasileiro. E sim o Libertad-PAR, com 13 participações. Em segundo lugar, com 11, estão São Paulo, River Plate-ARG e LDU-EQU.

Vagas por países na Copa Sul-Americana

O Brasil tem 6 vagas para a Sul-Americana. São os 6 melhores colocados do Campeonato Brasileiro que não garantiram classificação para a Copa Libertadores da América.

A Argentina também tem direito a 6 vagas. Os outros países (Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela) possuem, cada um, 4 vagas.

Internacional foi primeiro dos brasileiros campeões da Sul-Americana

O Internacional foi o 1º time brasileiro a conquistar a Sul-Americana. Em 2008, a equipe gaúcha enfrentou o Independiente-ARG na final. No 1º jogo, na Argentina, perdeu por 1 a 0.

Na volta, no estádio-Beira-Rio, o Colorado venceu por 1 x 0 na prorrogação. Nilmar fez o gol do título, conquistado de forma invicta.

Internacional de Porto Alegre, campeão da Sul-Americana 2008 - CONMEBOL

Quatro anos depois, a taça da Sul-Americana ficou com o Brasil de novo. Desta vez, com o São Paulo. A equipe Paulista foi campeã em cima do Tigre-ARG com um empate de 0 x 0 e uma vitória por 2 x 0.

O título da Chapecoense na Sul-Americana após tragédia com avião

A Chapecoense foi o 3º time brasileiro a conquistar a Copa Sul-Americana. Mas o contexto do título foi bem particular, sem festa, sem jogo. A equipe catarinense foi reconhecida campeã após a queda do avião em que viajava todo o time.

A aeronave trazia jogadores e comissão técnica da Chapecoense para o jogo de ida da final.O jogo seria em Medellín, na Colômbia, contra o Atlético Nacional-COL. A Chapecoense vivia o melhor momento desde sua fundação.

O avião caiu na madrugada do dia 29 de novembro, um dia antes da data da partida.

Chapecoense: cinco años de la tragedia que enlutó al mundo del fútbol

Das 77 pessoas que estavam a bordo do avião, incluindo a tripulação e alguns jornalistas, apenas 6 sobreviveram: o lateral Alan Ruschel, o goleiro Jackson Follmann, o zagueiro Neto, dois tripulantes e um jornalista.

O 1º jogo da final foi suspenso. Mesmo assim, uma multidão foi ao Estádio Atanasio Girardot, onde seria realizado o jogo, para homenagear os mortos no acidente.

O próprio Atlético Nacional-COL pediu à Conmebol que a Chapecoense fosse reconhecida como campeã da Sul-Americana.

No dia 5 de dezembro de 2016, a Conmebol acatou o pedido e declarou a Chapecoense campeã do torneio em 2016. Por abrir mão do título, o Atlético Nacional-COL foi condecorado com o prêmio Centenário da Conmebol ao Fair Play.

CRE debate situação das famílias de vítimas do acidente com a Chapecoense —  Senado Notícias

Athletico Paranaense é o maior campeão brasileiro da Sul-Americana

Apenas 3 clubes conquistaram a Copa Sul-Americana mais de 1 vez, sendo 2 argentinos e apenas 1 brasileiro: Boca Juniors, Independiente e Athletico Paranaense.

Além de ser o maior campeão brasileiro da competição, o Furacão foi o time que garantiu os últimos 2 títulos para o Brasil.

Prêmio para campeão da Recopa Sul-Americana aumenta em 30% - Jogada  10Jogada 10

Em 2018, o Athletico Paranaense foi campeão da Sul-Americana em cima do Junior Barranquilla-COL. Após 2 empates em 1 x 1 nos dois jogos da final, a equipe brasileira venceu a disputa nos pênaltis por 4 x 3.

Três anos depois, o Athletico Paranaense voltou a conquistar a Copa Sul-Americana. Desta vez, em uma final contra outro brasileiro, o Red Bull Bragantino.

Em jogo único, disputado no Estádio Centenário, em Montevidéu-URU, o Furacão venceu por 1 a 0. Foi o último título de um time brasileiro.

Brasileiros demoraram para valorizar a Sul-Americana

A visão que os clubes brasileiros têm, hoje, da Copa Sul-Americana, é diferente da que tinham há 20 anos, quando ela começou a ser disputada. Consolidada no cenário sul-americano, a competição passou a ser extremamente valorizada.

Mas nem sempre foi assim. Em 2002, por exemplo, o Brasil ficou de fora do 1º ano da Sul-Americana. O país alegou problemas de calendário. Mesmo assim, quando começou a participar, demorou para virar protagonista.

O 1º título da Sul-Americana conquistado por um clube brasileiro, em 2008, pelo Internacional, aconteceu na 8ª edição do torneio. Naquele momento, a Argentina já tinha levantado a taça da competição 4 vezes. Peru e México tinham, cada um, 1 taça.

Desde 2008, a disputa ficou acirrada entre brasileiros e argentinos, com 5 títulos para cada país. O Equador levantou a taça 2 vezes, enquanto que Chile e Colômbia ganharam, cada um, 1 título.

COMPARTILHE

Bombando em Futebol

1

Futebol

Supercopa do Brasil 2024: aposte em Palmeiras x São Paulo na BetNacional!

2

Futebol

Estatísticas do Corinthians: Confira o que esperar do Timão no Brasileirão

3

Futebol

Descubra o surgimento, importância e significado dos números da camisa

4

Futebol

Guia completo de como apostar em jogos de futebol!

5

Futebol

7 maiores times italianos da história do futebol