MMA

Artes Marciais Mistas: aprenda tudo sobre o MMA

Você já deve ter ouvido falar de MMA – uma prática mundialmente conhecida e que vem ganhando cada vez mais […]

Dois lutadores durante uma luta de MMA

Você já deve ter ouvido falar de MMA – uma prática mundialmente conhecida e que vem ganhando cada vez mais adeptos e torcedores. As lutas dessa modalidade são compostas pelas misturas de diversas artes marciais, o que pode gerar algumas dúvidas a quem não é muito familiarizado o conceito.

Quer entender de uma vez por todas o que são as Artes Marciais Mistas, aprender suas regras e qual a ligação dessa prática com o UFC? Acompanhe o post abaixo:

O que é o MMA?

O MMA (do inglês Mixed Martial Arts – Artes Marciais Mistas) é uma modalidade de luta onde os atletas podem utilizar golpes mistos de combate em pé e no chão, enquanto se confrontam. Como o próprio nome já sugere, ele mistura técnicas de outras artes marciais, sendo uma das lutas com maior número de golpes permitidos.

Porém, assim como qualquer outra luta, o MMA possui regras que devem ser seguidas, a fim de garantir a segurança de quem o pratica. As principais proibições que compõem as regras das Artes Marciais Mistas são:

  • Atingir os olhos, a boca e o nariz do adversário com os dedos;
  • Golpear o oponente na garganta, espinha e parte de trás da cabeça;
  • Morder e beliscar qualquer parte do corpo;
  • Tentar pisar, chutar ou dar joelhadas na cabeça atleta, se ele já estiver caído no chão;
  • Evitar o contato com o adversário, tirar o protetor bucal ou fingir lesões;
  • Arremessar o oponente para fora da área de luta;
  • Atacar a região das genitais;
  • Tentar golpear o concorrente no intervalo, enquanto ele está sob cuidados do árbitro ou depois do som do gongo;
  • Utilizar linguagem ofensiva/abusiva, que possa ferir a moral do oponente;
  • Golpear o adversário com cabeçadas.

Com essas regras sendo devidamente seguidas, o MMA se torna uma prática desportiva saudável, com inúmeros benefícios a saúde – como melhoras no condicionamento físico e até a disciplina.

Como o MMA surgiu?

Desde a Grécia antiga, no século VII a.C., já haviam registros de um esporte nas Olimpíadas Antigas, chamado Pankration, que consistia no uso de golpes mistos para derrubar o adversário, bem semelhante ao MMA que conhecemos hoje.

Porém, foi apenas no século passado que as Artes Marciais Mistas surgiram, com origem aqui no Brasil. Na década de 1930, o mestre de Jiu-Jitsu Hélio Gracie tentava estabelecer o esporte no nosso país, por meio do estímulo de combates entre lutadores dessa modalidade contra praticantes de outras.

A prática na época era conhecida como “Vale-Tudo” e se tornou rapidamente popular no país, com a ajuda de Hélio Gracie e seu irmão Carlos, também mestre de Jiu-Jistu.

Na década de 1990, o primeiro torneio de MMA, chamado de UFC, foi realizado nos Estados Unidos, organizado por Rórion Gracie, filho de Hélio. Desde então, o esporte se tornou ainda mais reconhecido e vem conquistando adeptos ao redor de todo o mundo.

Como o MMA é dividido?

Além disso, a luta é divida em rounds com duração máxima de três minutos. Cada round é encerrado quando:

  • O lutador que está sendo golpeado se rende e bate no tatame;
  • Ocorre o desmaio ou ferimento com sangue – que não se estanca facilmente – em um dos oponentes;
  • O tempo determinado para o round da luta se esgota;
  • Uma, ou mais, das regras é violada;
  • O treinador joga a toalha no ringue – indicando desistência.

Os combates podem ocorrer de maneira regular em academias, como uma prática de exercício físico, ou em torneios, que podem ser de nível regional até mesmo mundial – no caso do UFC, por exemplo.

Quais são as artes marciais que podem ser usadas no MMA?

As principais artes marciais que influenciam o MMA e ajudam a formular suas regras são:

  • Jiu-Jitsu;
  • Judô;
  • Caratê;
  • Muay-Thai;
  • Boxe;
  • Kickboxing;
  • Wrestling.

Qual a diferença entre MMA e UFC?

É normal que essa dúvida surja, já que as duas siglas sempre são mencionadas quando falamos das Artes Marciais Mistas. O MMA, como vimos, é a prática da luta feita por atletas profissionais e amantes da modalidade ao redor do mundo.

Já o UFC (sigla da expressão em inglês Ultimate Fighting Championship – é o evento voltado para combates das Artes Marciais Mistas – o MMA. Os torneios de UFC ocorrem em todo o mundo e é a maior competição voltada para esse tipo de luta.

Veja: A trajetória de Conor McGregor até se tornar um dos maiores lutadores do MMA

Como um lutador de MMA ganha uma luta?

Normalmente, as lutas de MMA possuem três rounds, com exceção das decisões pelo cinturão – um dos maiores títulos da modalidade – que pedem um combate de cinco rounds. Os combates são normalmente avaliados por três juízes.

Eles utilizam um sistema de dez pontos, conferido ao lutador conforme ele segue as regras da luta, ou não. Ao final de cada round, os três juízes pontuam o atleta que julgaram ser o vencedor e as decisões podem ser:

  • Unânimes: quando todos os juízes concordam em um vencedor;
  • Divididas: ocorre quando dois juízes apontam um lutador como ganhador, e o terceiro juiz aponta o oponente;
  • Majoritária: quando dois juízes elegem um atleta como vencedor, e o terceiro juiz aponta empate.

O verdadeiro empate só é estabelecido se os três juízes concordam nessa decisão. Outra forma de um lutador vencer a luta de MMA é pela desclassificação de seu concorrente, se o mesmo não respeita as regras de combate.

Quer ficar ainda mais por dentro do universo das artes marciais aqui no Brasil? Leia nosso post e conheça um pouco mais sobre a família Gracie, que revolucionou o Jiu-Jitsu e transformou as lutas em nosso país!

Agora que você conhece um pouco mais do que é o MMA, sua origem e regras, aproveite para começar a acompanhar as lutas, seja nos torneios de UFC, ou até mesmo procurando lugares para praticar a modalidade em sua cidade. Até a próxima!

COMPARTILHE

Bombando em MMA

1

MMA

Quais são as regras do MMA? Veja as permissões e proibições

2

MMA

Conheça os 12 campeões de MMA feminino e masculino

3

MMA

Família Gracie: Qual a importância desta família para o esporte