vôlei feminino

Liga das Nações de Vôlei Feminino define últimas vagas para Paris

Veja a tabela de jogos, informações sobre os principais times e atletas e saiba onde assistir 

Brasil busca título inédito na Liga das Nações de Vôlei Feminino. Foto: FIVB

Brasil busca título inédito na Liga das Nações de Vôlei Feminino. Foto: FIVB

Veja a tabela de jogos, informações sobre os principais times e atletas e saiba onde assistir 

A sexta edição da Liga das Nações de Vôlei Feminino (VNL) terá a participação de 16 equipes, incluindo o Brasil. O evento vai ocorrer de 14 de maio a 23 de junho, e as seleções competirão pelo título do torneio.

Reta final para Paris 

A VNL é a última competição mundial antes das Olimpíadas. É importante destacar que a Liga também será crucial para definir as últimas seleções que vão garantir vagas nos Jogos Olímpicos de Paris 2024. Os resultados das partidas na fase inicial do torneio influenciarão o ranking mundial, que determinará quais equipes irão ocupar as cinco vagas restantes para os Jogos. 

O Brasil já garantiu sua participação através do Pré-Olímpico realizado no ano anterior.

Agora, você confere informações, programação completa dos jogos e onde serão transmitidos.

Como funciona o torneio 

Como nos anos anteriores, a Liga das Nações de Vôlei (VNL) de 2024 contará com 16 equipes masculinas e femininas, classificadas conforme a lista da FIVB (Federação Internacional de Voleibol). A etapa inicial será realizada de 14 de maio a 16 de junho, com cada time disputando 12 jogos em diferentes locais, incluindo o Rio de Janeiro neste ano.

Esta primeira fase se estende por três semanas, com uma semana de descanso entre elas. Durante as 12 partidas, cada equipe enfrentará três times classificados entre as posições 1 e 4, três entre 5 e 8, três entre 9 e 12, e três entre 13 e 16 do ranking.

As oito melhores equipes se qualificam para a fase final de eliminação direta, que inicia com as quartas de final. A Tailândia, país sede da fase final, já tem presença assegurada nesta etapa eliminatória, que será realizada de 20 a 23 de junho.

A Turquia é a atual campeã da Liga das Nações de Vôlei Feminino.

 

Brasil busca título inédito 

A Liga das Nações de Vôlei Feminino foi estabelecida em 2017, sucedendo o Grand Prix, uma competição internacional anual que ocorreu de 1993 a 2017. Até o momento, em cinco edições da VNL, o Brasil ainda não conseguiu garantir o título.

Na primeira edição do torneio, a seleção feminina brasileira ficou em quarto lugar e alcançou o segundo lugar nos três anos seguintes. A edição de 2020 foi cancelada devido à pandemia de Covid-19. 

No último torneio, o desempenho do Brasil foi o menos expressivo, com a equipe sendo eliminada nas quartas de final. No entanto, no antigo formato do Grand Prix, o Brasil conquistou 12 títulos.

 

Liga das Nações de Vôlei Feminino define últimas vagas para Paris. Foto: Divulgação/FIVB
Liga das Nações de Vôlei Feminino define últimas vagas para Paris. Foto: Divulgação/FIVB

 

Histórico de campeões da VNL

Os Estados Unidos detêm o maior número de vitórias na Liga das Nações de Vôlei Feminino, com três títulos. Itália e Turquia, sendo esta última a campeã mais recente, também já levaram o troféu para casa.

 

Programação completa (horário de Brasília)

Primeira semana

14 de maio

 

  • Bulgária x Países Baixos – 11h – Antalya, Turquia
  • Itália x Polônia – 14h – Antalya, Turquia
  • República Popular da China x República da Coreia – 17h30 – Rio de Janeiro, Brasil
  • Brasil x Canadá – 21h – Rio de Janeiro, Brasil (Sportv2)

 

15 de maio

  • França x Alemanha – 11h – Antalya, Turquia
  • Japão x Turquia – 14h – Antalya, Turquia
  • Estados Unidos x Tailândia – 17h30 – Rio de Janeiro, Brasil
  • Sérvia x República Dominicana – 21h – Rio de Janeiro, Brasil

 

16 de maio

  • Alemanha x Itália – 8h – Antalya, Turquia
  • Bulgária x Japão – 11h – Antalya, Turquia
  • Países Baixos x Turquia – 14h – Antalya, Turquia
  • Brasil x República da Coreia – 14h – Rio de Janeiro, Brasil (Sportv2)
  • República Popular da China x Estados Unidos – 17h30 – Rio de Janeiro, Brasil
  • República Dominicana x Canadá – 21h – Rio de Janeiro, Brasil

 

17 de maio

  • Japão x Alemanha – 8h – Antalya, Turquia
  • França x Polônia – 11h – Antalya, Turquia
  • Itália x Bulgária – 14h – Antalya, Turquia
  • Sérvia x Tailândia – 14h – Rio de Janeiro, Brasil
  • República Popular da China x Canadá – 17h30 – Rio de Janeiro, Brasil
  • Brasil x Estados Unidos – 21h – Rio de Janeiro, Brasil (Sportv2)

 

18 de maio

  • Polônia x Países Baixos – 8h – Antalya, Turquia
  • FRança x Bulgária – 11h – Antalya, Turquia
  • Itália x Turquia – 14h – Antalya, Turquia
  • Sérvia x República Popular da China – 14h – Rio de Janeiro, Brasil
  • República da Coreia x República Dominicana – 17h30 – Rio de Janeiro, Brasil
  • Tailândia x Canadá – 21h – Rio de Janeiro, Brasil

 

19 de maio

  • Alemanha x Países Baixos – 8h – Antalya, Turquia
  • Brasil x Sérvia – 10h – Rio de Janeiro, Brasil (TV Globo e Sportv2)
  • Polônia x Japão – 11h – Antalya, Turquia
  • França x Turquia – 14h – Antalya, Turquia
  • República Dominicana x Estados Unidos – 14h – Rio de Janeiro, Brasil
  • Tailândia x República da Coreia – 17h30 – Rio de Janeiro, Brasil

 

Segunda semana

 

28 de maio

  • Tailândia x República Dominicana – 5h – Macao, China
  • Brasil x Japão – 8h30 – Macao, China
  • Polônia x Sérvia – 18h – Arligton, Estados Unidos
  • Canadá x Estados Unidos – 21h30 – Arligton, Estados Unidos

 

29 de maio

  • Itália x França – 5h – Macao, China
  • Países Baixos x República Popular da China – 8h30 – Macao, China
  • República da Coreia x Bulgária – 13h – Arligton, Estados Unidos
  • Alemanha x Turquia – 16h – Arligton, Estados Unidos

 

30 de maio

  • República Dominicana x Itália – 01h30 – Macao, China
  • França x Japão – 5h – Macao, China
  • Brasil x Países Baixos – 8h30 – Macao, China
  • República da Coreia x Polônia – 14h – Arlington, Estados Unidos
  • Canadá x Alemanha – 18h – Arligton, Estados Unidos
  • Sérvia x Turquia – 21h30 – Arligton, Estados Unidos

 

31 de maio

  • França x Tailândia – 01h30 – Macao, China
  • Países Baixos x República Dominicana – 5h – Macao, China
  • Japão x República Popular da China – 8h30 – Macao, China
  • Alemanha x Polônia – 15h – Arlington, Estados Unidos
  • Sérvia x Canadá – 18h30 – Arligton, Estados Unidos
  • Bulgária x Estados Unidos – 22h – Arligton, Estados Unidos

 

1 de junho

  • Brasil x Itália – 01h30 – Macao, China
  • República Dominicana x Japão – 5h – Macao, China
  • Tailândia x República Popular da China – 8h30 – Macao, China
  • República da Coreia x Turquia – 15h – Arlington, Estados Unidos
  • Polônia x Estados Unidos – 18h30 – Arligton, Estados Unidos
  • Sérvia x Bulgária – 22h – Arligton, Estados Unidos

 

2 de junho

  • França x Países Baixos – 01h30 – Macao, China
  • Brasil x Tailândia – 5h – Macao, China
  • Itália x República Popular da China – 8h30 – Macao, China
  • República da Coreia x Canadá – 13h – Arlington, Estados Unidos
  • Estados Unidos x Turquia – 17h – Arligton, Estados Unidos
  • Bulgária x Alemanha – 20h30 – Arligton, Estados Unidos

 

Terceira semana

 

11 de junho

  • Estados Unidos x França – 3h30 – Fukuoka, Japão
  • Alemanha x República Dominincana – 6h – Hong Kong, China
  • Itália x Canadá – 7h20 – Fukuoka, Japão
  • Bulgária x República Popular da China – 9h30 – Hong Kong, China 

 

12 de junho

  • Países Baixos x Sérvia – 3h30 – Fukuoka, Japão
  • Turquia x Tailândia – 6h – Hong Kong, China
  • República da Coreia x Japão – 7h20 – Fukuoka, Japão
  • Brasil x Polônia – 9h30 – Hong Kong, China

 

13 de junho

  • Países Baixos x Estados Unidos – 00h – Fukuoka, Japão
  • Bulgária x Tailândia – 2h30 – Hong Kong, China
  • França x República da Coreia – 3h30 – Fukuoka, Japão
  • Alemanha x Brasil – 6h – Hong Kong, China
  • Japão x Canadá – 7h20 – Fukuoka, Japão
  • República Dominicana x Turquia – 9h30 – Hong Kong, China

 

14 de junho

  • Sérvia x França – 00h – Fukuoka, Japão
  • Brasil x Bulgária – 2h30 – Hong Kong, China
  • Canadá x Países Baixos – 3h30 – Fukuoka, Japão
  • República Dominicana x Polônia – 6h – Hong Kong, China
  • Itália x República da Coreia – 7h30 – Fukuoka, Japão
  • República Popular da China x Alemanha- 9h30 – Hong Kong, China

 

15 de junho

  • Canadá x França – 00h – Fukuoka, Japão
  • República Dominicana x Bulgária – 2h30 – Hong Kong, China
  • Itália x Estados Unidos – 3h30 – Fukuoka, Japão
  • Polônia x Tailândia – 6h – Hong Kong, China
  • Japão x Sérvia- 7h20 – Fukuoka, Japão
  • República Popular da China x Turquia – 9h30 – Hong Kong, China
  • Países Baixos x República da Coreia – 23h30 – Fukuoka, Japão

 

16 de junho

  • Alemanha x Tailândia – 2h30 – Hong Kong, China
  • Sérvia x Itália – 3h – Fukuoka, Japão
  • Turquia x Brasil – 6h – Hong Kong, China
  • Japão x Estados Unidos – 6h45 – Fukuoka, Japão
  • República Popular da China x Polônia – 9h30 – Hong Kong, China

 

Fase Eliminatória da Liga das Nações de Vôlei Feminino 2024

  • Quartas de final: 20 e 21 de junho – 7h e 10h30
  • Semifinais: 22 de junho – 7h e 10h30
  • Disputa pelo 3º lugar e Final: 23 de junho – 7h e 10h30

 

Onde assistir? 

Todas as partidas da VNL serão transmitidas pelo Sportv 2 e pelo VBTV, streaming oficial da competição. Alguns jogos estarão na tela da Globo. 

Macris e Carol são grandes nomes da Seleção. Foto: FIVB
Macris e Carol são grandes nomes da Seleção. Foto: FIVB

Onde serão os jogos da VNL 2024?

A Cidade Maravilhosa está entre as sedes da competição neste ano. Países como Turquia, Estados Unidos e Tailândia também receberão jogos da Liga das Nações de Vôlei Feminino.

 

Quando começa a Liga das Nações de Vôlei Masculino?

A Seleção Brasileira está treinando em Saquarema para a VNL, com estreia marcada para 21 de maio contra Cuba no Rio de Janeiro, que também sediará jogos contra Argentina, Sérvia e Itália. Posteriormente, o Brasil irá jogar as fases de classificação no Japão e Filipinas, com a fase final do torneio de 27 a 30 de junho na Polônia.

Jogos do Brasil na Liga das Nações de Vôlei Masculino 2024

 

21 de maio – Brasil x Cuba – 21h – Rio de Janeiro

23 de maio – Brasil x Argentina – 21h – Rio de Janeiro

24 de maio – Brasil x Sérvia – 21h – Rio de Janeiro

26 de maio – Brasil x Itália – 10h – Rio de Janeiro

4 de junho – Brasil x Alemanha – 00h – cidade a confirmar, Japão

6 de junho – Brasil x República Islâmica do Irã – 00h – cidade a confirmar, Japão

7 de junho – Brasil x Eslovênia – 3h30 – cidade a confirmar, Japão

8 de junho – Brasil x Polônia – 3h30 – cidade a confirmar, Japão

18 de junho – Brasil x Países Baixos – 4h – Manila, Filipinas

20 de junho – Brasil x Estados Unidos – 8h – Manila, Filipinas

21 de junho – Brasil x Canadá – 4h – Manila, Filipinas

23 de junho – Brasil x França – 4h – Manila, Filipinas

Fase final: de 27 a 30 de junho, em Lodz (Polônia).

 

Pode apostar 

A Seleção Feminina poderá contar com grandes nomes do Vôlei, como a bi-campeã olímpica Thaisa, a capitã Gabi Guimarães e gigantes como Kisy, Macris, Rosamaria e Carol, reunidas após temporadas de sucesso em seus respectivos clubes. 

 

Profetize! 

Chegou a hora da emoção! 

Entre em quadra com a seleção das melhores odds do mercado e faça suas apostas!

Leia também: Calendário Esportivo 2024

COMPARTILHE