Futebol

Campeonatos do Nordeste: Conheça os mais importantes

Saiba mais sobre as principais competições nordestinas O Nordeste é rico em cultura, arte e também em futebol. A região […]

Taça da Copa do Nordeste sobre base com logo da competição e homem vestindo terno preto segurando alça do troféu

Saiba mais sobre as principais competições nordestinas

O Nordeste é rico em cultura, arte e também em futebol. A região se destaca por grandes times e, sobretudo, torcidas, que são fiéis e lotam os estádios. Assim, as competições nordestinas são destaques na temporada nacional.

Continue lendo este artigo do blog da Betnacional e fique por dentro de todos os detalhes do futebol do Nordeste.

Copa do Nordeste

Falar de futebol na região resulta em abordar a Copa do Nordeste, principal torneio regional do Brasil e maior competição do primeiro semestre. Criada em 1994 com o reconhecimento da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), passou por duas pausas e voltou em 2013.

Clubes do Nordeste duelarem entre si não é algo que surgiu nas últimas três décadas. Porém, os torneios que ocorreram desde os anos 40 eram menores e não tinham a representatividade de todos os estados, além de uma gama menor de times.

Assim, a competição ficou como Nordestão e recebeu o aval da CBF apenas nos anos 90. E foi a partir de 1997 que a entidade do esporte nacional passou a chancelar – as três primeiras edições foram organizadas pela Federação Alagoana de Futebol (FAF).

No ano de estreia, em 1994, a competição inclusive foi toda disputada no estado de Alagoas e teve o Sport como campeão contra o CRB, nos pênaltis, após empate sem gols no tempo normal.

Chancela da CBF no Nordestão

A partir de 1997, com a organização ficando a cargo da CBF, os times passaram a participar do torneio por meritocracia, tendo como base as posições nos torneios estaduais. Assim, ganhou um critério técnico de classificação.

Aproveite e leia também: Lampions League: saiba tudo sobre a Copa do Nordeste.

Mudanças de fórmulas do Nordestão

Até 2000, o campeonato teve a fórmula alterada, sendo disputado integralmente em mata-mata, como via fase de grupos. Campeão em 1997 e 1999, o Vitória se tornou o primeiro time a conquistar a competição em duas oportunidades.

Auge do Nordestão

Considera-se que o torneio atingiu o auge em 2001. Naquele ano, teve como formato de disputa os pontos corridos, com todos duelando entre si em turno único e os quatro melhores avançando para as semifinais.

Assim, com mais jogos e clássicos, atraiu visibilidade e patrocinadores. Além disso, outro aumento foi em relação à média de público: a melhor em oito edições da competição.

Ali, Náutico, Bahia, Fortaleza e Sport, respectivamente, avançaram. Na semifinal de jogo único do time melhor colocado, o Rubro-negro eliminou o Alvirrubro nos Aflitos, enquanto o Esquadrão bateu o time cearense na Fonte Nova.

Na decisão, em Salvador, deu Bahia sobre o Sport: 3 a 1 e bicampeonato para o Tricolor, que igualou o Vitória e o próprio time pernambucano como duas vezes vencedores do certame.

Cancelamento do Nordestão

Depois de uma edição esvaziada em 2003, sem os principais clubes, o torneio foi cancelado pela CBF sob a prerrogativa de que não havia datas para disputa. Desta forma, a competição foi suspensa quando vivia crescimento.

O problema é que ainda havia anos de contrato assinado em aberto, o que gerou um processo por parte dos clubes. E causa ganha para os times. Com isso, em um acordo para que a ação fosse extinta, o torneio voltou a ser realizado em 2010. Mas novamente de forma intermitente.

Isso porque nos dois anos seguintes não houve a competição, sendo disputada apenas em 2013, fazendo valer o acerto de 10 anos via justiça para que a CBF viabilizasse o torneio.

E o futuro do Nordestão?

O período previsto no acordo encerrou-se em 2022, edição em que o Fortaleza conquistou o título. Porém, a liga do Nordeste costura com a CBF a continuidade do campeonato e a expectativa é que um novo contrato seja firmado.

Estaduais

Além da Copa do Nordeste, que comporta todos os clubes da região, outros torneios tradicionais são os estaduais, conhecidos pela importância histórica e peso das rivalidades locais. É daí que surgem os jogos tidos como ‘clássicos’.

Os estaduais estão entre as primeiras competições existentes no Brasil. Por ser um país com dimensões continentais, era difícil no começo do desenvolvimento do esporte a viabilização de um campeonato nacional. Por isso a delimitação estadual.

Apesar de terem sido criados há cerca de cem anos – a data exata varia de estado para estado -, segue firme e forte no calendário do futebol brasileirão e são disputados no início da temporada.

De acordo com o último ranking de federações do futebol brasileiro, os principais estaduais são Ceará, Bahia e Pernambuco. Inclusive, são de lá os times de maior tradição da região.

Ao longo dos anos, popularizou-se o termo G7 do Nordeste, referente aos sete principais times e que correspondem aos três estados. São eles: Bahia, Ceará, Fortaleza, Náutico, Santa Cruz, Sport e Vitória.

Os times, aliás, também são os mais acostumados a estarem na elite nacional em relação aos nordestinos, o que eleva o peso dos respectivos estaduais pela capacidade de captação de jogadores e investimento.

Outros estaduais de peso

Porém, também existem outros clubes de peso e tradição na região, que dão força e afloram as rivalidades nos estaduais.

Casos de CSA e CRB, no Alagoano, que inclusive acostumaram-se a brigar na parte da Série B; de Sampaio Corrêa e Moto Club, no Maranhense; de América-RN e ABC, no Potiguar, que têm prestígio apesar do mau momento recente.

Por fim, ainda há os clubes de massa como Treze, Campinense e Botafogo, no Paraibano; de Altos, Flamengo e River, no Piauiense, além de Confiança, que passou pela Série B, e Sergipe, no Sergipano.

COMPARTILHE

Bombando em Futebol

1

Futebol

Retrospecto do Brasileirão 2024: análise da primeira metade do campeonato

2

Futebol

Quais são os maiores campeões da Série B?

3

Futebol

Futebol nas Olimpíadas de Paris 2024

4

Futebol

Maiores campeões da Eurocopa: glórias e conquistas memoráveis

5

Futebol

Saiba quais são os maiores campeões da Copa América