Futebol

Descubra a história do Corinthians: maiores ídolos, goleadas

Conheça toda a história do Sport Club Corinthians: ídolos, títulos e mais “A semana inteira fiquei esperando pra te ver […]

Time do Corinthians

Conheça toda a história do Sport Club Corinthians: ídolos, títulos e mais

“A semana inteira fiquei esperando pra te ver Corinthians, pra te ver jogando. Quando a gente ama, não mede esforço pra te ver jogar.” Não é nenhuma novidade que o Corinthians é um time extremamente popular.

Criado por operários do Bairro do Bom Retiro (bairro popular da cidade de São Paulo), em que se uniram para montar um time, no dia 1 de setembro de 1910, chamado de Sport Club Corinthians.

Mas você conhece realmente sobre o time? Quais foram suas conquistas, ídolos, clássicos vencidos e toda sua história? A Betnacional te mostra com mais detalhes a história do Corinthians.

História do Corinthians

No dia 1 de setembro de 1910, cinco trabalhadores operários ficaram entusiasmados e inspirados com a turnê do time inglês Cortinthian Football Club pelo Brasil. Os ingleses haviam vencido com muita tranquilidade e facilidade o time do Fluminense e o Club Athletico Paulistano, porém, nesse mesmo dia, conquistou mais uma vitória sobre o considerado melhor time paulista da época: Associação Atlética das Palmeiras.

Quando os cinco operários voltaram da partida, extasiados, notaram um terreno baldio na Rua dos Imigrantes — chamada atualmente de Rua José Paulino —, na esquina com a Rua Cônego Martins, no bairro do Bom Retiro. Este seria então o primeiro campo do Corinthians, que na época recebeu o apelido de “Lenheiro”, que um dia já serviu como depósito de lenha.

A partir daquele momento, Joaquim Ambrósio, Carlos Silva, Antônio Pereira, Rafael Perrone e Anselmo Côrrea, decidiram fundar um time. O grupo iniciou com 13 membros — os 5 fundadores e mais oito moradores do bairro que foram convidados —, que contribuíram como sócio-fundadores de um clube que, naquele período, ainda não havia nome.

Primeiros dias de SC Corinthians

O nome do clube foi sugerido e muito bem aceito por todos do clube, mesmo que fosse uma pequena alteração do clube original. O time inglês não possuía o “s” em sua grafia, mas, na época, era chamado de pela imprensa brasileira como “Corinthian’s Team”.

Naquele período, o primeiro grande desafio que o time teve que enfrentar foi a compra de uma bola. Os membros do time, que eram também sócio-fundadores, saíram às ruas do bairro de Bom Retiro com a tentativa de arrecadar fundos para a compra da bola. O valor estipulado na época era de 6 mil réis.

Após muito esforço, o time finalmente conseguiu fazer a tão sonhada compra, com muitas notas e moedas de baixo valor.

Após o clube ser fundado em 14 de setembro de 1910, seu primeiro jogo foi marcado duas semanas seguintes, contra o União da Lapa. O Corinthians perdeu por 1 a 0, mas isso não foi motivo para desanimo. Ao contrário, o time surpreendeu, pois havia jogado contra um dos melhores clubes varzeanos da época.

A escalação para esse jogo contou com os seguintes jogadores:

  • Valente;
  • Perrone;
  • Atílio;
  • Lepre;
  • Alfredo;
  • Police;
  • Jorge Campbell;
  • João da Silva;
  • Fabbi;
  • César Nunes;
  • Joaquim Ambrósio;
  • Rafael Perrone (técnico).

Títulos mais importantes conquistados pelo Corinthians

A partir de então, foram muitas vitórias conquistadas, mas também se teve derrotas. Nesses 111 anos de Corinthians, o timão conquistou 54 troféus, internacionais e nacionais. Por se tratar de muitas conquistas, resolvemos trazer uma lista com os 5 títulos considerados mais importantes da história do clube.

1. Campeonato Paulista de 1954

No ano de 1954, a cidade comemorou seu IV centenário e o campeonato paulista daquele ano foi tão representativo que acabou ficando nas mãos de um dos maiores times da cidade.

Esse título foi o toque final para um dos times — que é considerado um dos mais vitoriosos da história do Timão. Comandado por Oswaldo Brandão, que contava com ídolos como os atacantes Luizinho, Cláudio e Baltazar, além do goleiro Gylmar dos Santos Neves.

O Campeonato Paulista do IV Centenário, foi disputado no modelo de pontos corridos. Durante o campeonato, o Corinthians teve algumas vitórias marcantes, como a de 2 a 1 sobre o São Paulo e a de 6 a 1 contra a Ponte Preta.

Na penúltima rodada, o alvinegro acabou enfrentando o Palmeiras, no estádio do Pacaembu, para definir quem ficaria com a taça. Nos dois últimos derbys que aconteceram naquele mesmo ano, o Corinthians acabou levando a melhor. Durante o esperado confronto, a partida inicia com um gol de Cláudio, que recebeu um cruzamento de Luizinho.

O Palmeiras até conseguiu empatar, mas não pressionaram o suficiente para passar a muralha chamada de Gylmar. Assim, o título foi conquistado pelo Poderoso Timão. Após esse título, houve uma seca de 23 anos sem conquistar títulos.

2. Campeonato Paulista de 1982

Movimento que surgiu no ano de 1980, liderado pelos atletas Sócrates, Casagrande, Wladimir e Zenon, considerado o maior movimento ideológico da história do futebol brasileiro: Democracia Corinthiana.

Para este campeonato, O time do São Paulo era considerado o favorito e contava com bons jogadores da época, como Serginho Chulapa, Zé Sérgio, Dario Pereyra, Oscar e Waldir Peres. Além de que defendiam o bicampeonato paulista.

O timão foi o vencedor do primeiro turno e com isso, se classificou para a final contra o São Paulo. O primeiro jogo foi definido com gol de Sócrates, terminando a partida em um resultado magro, de apenas 1 a 0. No jogo de volta foi diferente: com 1 gol de Casagrande e 2 de Biro-Biro, o alvinegro conquistou o título em uma vitória por 3 a 1.

3. Copa do Brasil de 2009

Após ser rebaixado em 2007 pelo Campeonato Brasileiro, a equipe passou por um processo de reestruturação no ano seguinte. Quando voltou a elite em 2009, a base do time que teve bom desempenho na série B, se manteve.

Nessa temporada, o time contava com jogadores como: Chicão, Elias, Douglas, Jorge Henrique, Alessandro e a maior contratação da história do futebol brasileiro, o atacante Ronaldo, mais conhecido como Fenômeno.

O adversário na disputa do título foi o internacional, o mesmo que perdeu o título do Campeonato Brasileiro de 2005 para o alvinegro. Esta partida não só ficou marcada pelo que ocorreu dentro de campo, mas sim por alguns fatores extracampo.

Na época, o presidente do Internacional, Fernando Carvalho, preparou um dossiê com todos os supostos erros que a arbitragem cometia em favor do Timão, entregando à CBF como uma forma de pressionar os árbitros para a partida.

No primeiro jogo, que aconteceu no Pacaembu, o timão conquistou uma boa vantagem sobre os colorados com gols de Jorge Henrique e Ronaldo. No jogo de volta, Jorge Henrique e André Santos ampliaram essa vantagem, mas Alecsandro entrou e acabou empatando a partida.

Assim, o Corinthians se tornou tricampeão da Copa do Brasil, além de ficar marcada a primeira passagem de Mano Menezes.

4. Libertadores de 2012

A primeira Libertadores que o Timão participou foi em 1977, eliminado na fase de grupos. Várias edições foram marcadas por eliminações traumáticas, até que, 35 anos depois, o tão sonhado título foi conquistado.

A campanha do Corinthians na Libertadores de 2012 sempre estará marcada na história do clube. Com um time comandado pelo técnico Tite, as duras partidas começaram nas quartas de final, contra o Vasco da Gama. O volante Paulinho fez o gol da vitória na partida de volta, sendo também a mesma da defesa heroica de Cássio, em um chute de Diego Souza.

Já nas semis, o Timão enfrentou o Santos de Muricy Ramalho, que contava com Neymar Jr., Paulo Henrique Santos, Arouca e Borges. Na partida de ida, Emerson Sheik fez um golaço para decidir a partida, mas foi expulso logo depois. No jogo de volta, o Santos saiu na frente, mas o empate logo veio com gol de Danilo, garantindo assim a vaga para a grande final da Libertadores.

Na final, o time enfrentou o hexacampeão Boca Juniors, considerado o melhor time do campeonato na época. Os argentinos saíram na frente com um gol de Roncaglia, e tudo parecia se encaminhar para uma vitória dos hermanos, mas Tite escalou Romarinho, que em seu primeiro toque na bola, fez uma cavadinha, garantindo assim o empate na La Bombonera.

No jogo de volta, no Pacaembu, Emerson Sheik anotou dois gols, garantindo assim que o alvinegro se tornasse o sexto campeão invicto da Libertadores.

5. Mundial de Clubes de 2012

Com a vitória da Libertadores, o time conquistou uma vaga no Mundial de Clubes, sediada no Japão. A Fiel Torcida mostrou todo seu apoio e tomou conta do Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Antes mesmo do torneio iniciar, muitos já imaginavam o Timão na final contra o time inglês, Chelsea, campeão da Liga dos Campeões. Os Blues passavam por um processo de reestruturação, além da troca de técnico Roberto Di Matteo por Rafa Benítez.

Mesmo com um time repleto de bons jogadores, o Corinthians conseguiu jogar de igual para igual. Não podemos esquecer de que a torcida alvinegra foi um fator favorável para a conquista do título. Cássio foi eleito o melhor jogador da partida, fez defesas difíceis, como a do chute à queima roupa de Cahill.

Para consagrar o título, o gol veio com uma jogada de Paulinho e Danilo na área, fazendo a bola sobrar para Guerrero cabecear para o fundo das redes. O Corinthians é Bicampeão mundial, sendo o último clube sul-americano a conquistar o título.

Jogos históricos do alvinegro

O Corinthais teve diversos jogos marcantes durante seus 111 anos de existência. O fim do jejum em 1977, o título do mundial no Japão, a invasão no Maracanã. Todas as partidas são importantes, mas você conhece aquelas que são mais importantes na história do Corinthians?

Abaixo você confere quais foram esses jogos:

  • União da Lapa 1X0 Corinthians (1910) – A estreia corinthiana;
  • Corinthians 2X0 Estrela Polar (1910) – A primeira vitória;
  • Corinthians 0X3 Torino-ITA (1914) – A estreia internacional;
  • Corinthians 4X0 Campos Elyseos (1914) – O primeiro título;
  • Santos 0X11 Corinthians (1920) – A maior goleada;
  • Corinthians 1X1 Palmeiras (1954) – Jogo pelo IV Centenário;
  • Corinthians 3X3 Santos (1957) – A taça dos invictos;
  • Corinthians 4X3 Palmeiras (1971) – Virada espetacular;
  • Fluminense 1X1Corinthians (1976) – A invasão no Maracanã;
  • Santos 1X1 Corinthians (1978) – Estreia de Sócrates;
  • Corinthians 3X1 São Paulo (1982) – O título da Democracia Corinthiana;
  • Corinthians 1X0 São Paulo (1990) – O Campeonato Brasileiro de 90;
  • Grêmio 0X1 Corinthians (1995) – Final da Copa do Brasil;
  • Corinthians 2X2 Palmeiras (1999) – Embaixadinhas do Capetinha;
  • Corinthians 3X2 São Paulo (2003) – Trator no Morumbi;
  • Corinthians 7X1 Santos (2005) – O eterno 7×1;
  • Santos 1X3 Corinthians (2009) – Paulistão;
  • Corinthians 2X2 Internacional (2009) – Título da Copa do Brasil;
  • Corinthians 1X0 Vasco (2012) – Quartas de final pela Libertadores de 2012;
  • Corinthians 2X0 Boca Juniors (2012) – Conquista da Libertadores;
  • Corinthians 1X0 Chelsea (2012) – O mundo é alvinegro!

Maiores ídolos da história do Corinthians

Com tantos anos de história, muitos jogadores fizeram parte do Poderoso Timão, mas existem aqueles que ficarão marcados para sempre na história do Corinthians. Todos possuem a sua história, alguns tendo mais títulos e outros apenas por ter mais tempo de clube.

Mas o que todos tem em comum, é que o Timão estará sempre no coração. Confira abaixo alguns jogadores considerados ídolos:

Rivellino

O Timão foi o clube no qual o jogador marcou mais gol em toda sua carreira, sendo 141. O jogador foi um dos melhores do clube e também pela seleção, quando ganhou a Copa de 1970 e sendo um dos poucos que jogou bem na Copa de 1974.

Wladimir

Foi dono da camisa 4 do Timão até no ano de 1985. É o único jogador do clube a atuar por tantas partidas, sendo 806, e também pelo Campeonato Brasileiro, tendo 268 aparições. em 1982, também foi um dos líderes da Democracia Corinthiana.

Sócrates

Uma das maiores estrelas do clube em nível nacional e internacional. Foi uma das peças importantes na Copa do Mundo de 1982 e do Corinthians em 1980, sendo também um dos líderes do movimento Democracia Corinthiana.

Craque Neto

Um grande camisa 10, foi o principal jogador na conquista pelo primeiro título brasileiro do Timão. O elenco na época era tecnicamente limitado, tendo apenas destaques como o Craque Neto, o zagueiro Marcelo Djian e o goleiro Ronaldo.

Ronaldo

Ronaldo acertou sua volta ao Brasil depois de 14 para atuar pelo Corinthians. Em seus dois primeiros meses, realizou trabalhos físicos para que pudesse ter condições de jogar. No dia 4 de março de 2009, o Fenômeno estreeou com a camisa do Corinthians em uma partida contra o Itumbiara. Entrou no segundo tempo e jogou por 27 minutos.

Esse foi um post falando sobre a história do Corinthians, um time vitorioso e que tanto acumulou história em seus 111 anos de clube. Com jogos históricos, diversos títulos e emoções, além de passagens de grandes jogadores, com certeza os 5 operários que saíram fascinados com a turnê do time inglês Corinthian Football Club, ficariam orgulhosos do caminho construído de seu clube.

Se você gostou deste tipo de conteúdo, não esqueça de continuar lendo os conteúdos aqui do blog para ler mais informações. A propósito, acreditamos que você irá gostar também de ler nosso post sobre “Como apostar em jogos de futebol?“. Clique e confira esse guia completo com a Betnacional.

Nos vemos no próximo post!

COMPARTILHE

Bombando em Futebol

1

Futebol

Supercopa do Brasil 2024: aposte em Palmeiras x São Paulo na BetNacional!

2

Futebol

Estatísticas do Corinthians: Confira o que esperar do Timão no Brasileirão

3

Futebol

Descubra o surgimento, importância e significado dos números da camisa

4

Futebol

Guia completo de como apostar em jogos de futebol!

5

Futebol

7 maiores times italianos da história do futebol